Buscar
  • Miguel Leão

TURFE = NA JAULA DO LEÃO = 28.11


Mais uma semana fraca em termos técnicos. As chuvas que assolaram a cidade no domingo à noite contribuíram bastante para os programas de segunda e terça que já não eram nada demais, ficassem um pouco pior.

Foram 17 favoritos que ganharam em 37 páreos com bom aproveitamento de 45%. Nós acertamos 11 vencedores com índice de 29%. Apontamos duas PATADAS DO LEÃO (COMETA KARLO no sábado e XAVECO CORUNILHA na segunda). Entretanto tivemos um ALERTA DO LEÃO (MAKE NO MISTAKE) que passou na frente se transformando na MANCADA DO LEÃO desta semana. Os outros três ALERTAS (FAJO, ORIZONA e UPIS) não ganharam, mesmo sendo bastante apostados.

Em termos de profissionais, nada de muito relevante nas vitórias dos jóqueis. Talvez a melhor direção tenha sido do bridão gaúcho Acedenir Gulart no dorso de LEPETIT VERT no quinto páreo de terça feira. Com ótimo percurso e perfeita tocada nos 300 metros finais, alcançou belo triunfo.

Falando do movimento geral de apostas nas corridas do Rio de Janeiro, pouca coisa mudou em relação à semana anterior. Foram jogados R$ 2.759.000 nas quatro reuniões, com uma média de R$ 689.000 por reunião. Segue a mesma toada, com os dirigentes do JCB não se importando muito com o futuro do turfe no país. Enquanto as apostas internacionais seguirem enchendo os cofres do clube, pouca coisa mudará para os pequenos proprietários e turfistas em geral. Comparamos de certa forma o JCB com a CBF no futebol. São ricos, faturam muito e o resto é apenas o resto. Os proprietários e criadores no turfe e os clubes no futebol são os que mais padecem com este “andar da carruagem”. E para piorar o quadro, temos infelizmente a “lei da mordaça” que impede que os profissionais que militam no marketing do turfe, possam ao menos se manifestar contra algumas coisas estranhas que acontecem toda semana na Gávea. As corridas de terça feira mostraram bem isso, com o festival de “sombras” saindo da toca e vencendo corridas improváveis. Uns pela enturmação na prova e outros pela facilidade com que obtiveram seus triunfos. Tivemos nas vitórias de CORAÇÃO DE OURO, IMPERADOR FRANCÊS e JATO DO AMOR bons exemplos sobre o qual estamos nos referindo. E claro que tudo ficará por isso mesmo.

Encerramos aqui, torcendo para que as chuvas não voltem e que tenhamos grama no final de semana.

Miguel Leão


85 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

TURFE - TERÇA FEIRA - 01.12

Programação regular para esta tarde no Hipódromo da Gávea com oito páreos e início previsto para 16 horas. Serão cinco provas na pista de grama leve com a desagradável cerca móvel e seus nove metros d

TURFE - SEGUNDA FEIRA - 30.11

Programação sem atrativos e bastante equilibrada para esta tarde na Gávea. Serão nove páreos na pista de grama leve com aquela discretíssima cerca móvel e seus nove metros de extensão na reta de chega

TURFE - DOMINGO - 29.11

Programação fraca para uma domingueira turfística carioca no Hipódromo da Gávea. Serão apenas oito páreos na grama leve com aquela desagradável cerca móvel com nove metros de extensão na reta de chega

© 2023 por ESPORTES EM FOCO. Orgulhosamente criado com Wix.com