Buscar
  • Miguel Leão

TURFE - NA JAULA DO LEÃO - 07.11


Numa semana sem grandes atrações, temos alguns tópicos curiosos para comentar.

Vamos começar pela demonstração espetacular dada por LEVIATAN no último domingo no Clássico Ernani de Freitas. Seu criador e proprietário Luis Felipe Brandão dos Santos acredita que este potro seja melhor que LAMARTINE que foi recentemente vendido para o exterior. Seu treinador Luis Esteves também espera muito de seu pupilo e o jóquei Carlos Lavor faz tudo ficar bem mais fácil na raia.

Outro tópico importante foi o julgamento de Leandro Henrique pelo páreo vencido na semana anterior com Marco Polo. Os comissários de corridas suspenderam o excelente bridão por três reuniões por desvios de linha em duas oportunidades naquela prova. De certa forma “passaram recibo” de incompetência máxima ao confirmarem aquele resultado com a vitória do animal do Stud Versiani, quando a maioria dos turfistas achou que a desclassificação era medida mais justa a ser tomada. Não chega a ser nenhuma surpresa estas esdrúxulas decisões da soberana comissão de corridas, que dá impressão de ter problemas oftalmológicos em certos julgamentos. Não acreditamos em proteção especial ao bridão pernambucano como muitos insinuam, e sim em critérios equivocados de avaliação.

Tivemos ainda, jóquei entrando por dentro da cerca móvel (Vagner Borges com QUEEN ARTEMISA no sétimo páreo de segunda feira), Sergio Luiz Silva ganhando um páreo como treinador após longo tempo (WITH PRIDE) e Victoria Mota fechando o conjunto de reuniões com duas bombas, aproveitando muito bem a descarga de 2 kg com belas direções. A excelente performance de Acedenir Gulart com cinco vitórias em dez montarias foi outra grata surpresa. Jóquei enérgico e dotado de grande experiência mostrou que com mais montarias irá brilhar na estatística de jóqueis desta temporada.

Em termos estatísticos, foram 14 os favoritos a passarem na frente, que por coincidência foi o mesmo número que indicamos nos 36 páreos realizados. Este total equivale a um bom aproveitamento de 38%. Entre as PATADAS DO LEÃO, nenhuma venceu, apesar de duas terem corrido bem (PERVERSO e FRENCH COUP). Entre os ALERTAS DO LEÃO, nenhum ganhou pela terceira semana consecutiva.

Entre as direções da semana, nada de excepcional em nossa opinião. Apenas duas nos chamaram um pouco mais a atenção. No sábado no sétimo páreo com uma grande bomba (UNA SOLA), o aprendiz L.F.Henriques esteve muito bem e conquistou belo triunfo em direção enérgica. No domingo, Waldomiro Blandi no dorso de Temperança mostrou toda sua noção de percurso com perfeita condução no quinto páreo.

Em relação ao movimento geral de apostas, continua naquele mesmo padrão regular com uma média de R$ 695.000 por reunião. São aqueles problemas conhecidos de sempre que os atuais dirigentes do JCB e PMU parecem ou fingem ignorar. Enquanto as apostas internacionais estiveram proporcionando bom lucro, nada acontecerá no curto prazo para o turfe nacional.

Encerramos aqui torcendo para que não tenhamos chuva para este final de semana, já que a programação está excelente para o próximo domingo.

Bom resto de semana a todos.

Miguel Leão


0 visualização

© 2023 por ESPORTES EM FOCO. Orgulhosamente criado com Wix.com